E tudo é proibido. Então, falamos.
Carlos Drummond de Andrade, "Certas palavras”

Na primeira noite, ele sonhou que o navio começara a afundar.
As pessoas corriam desorientadas de um lado para outro no tombadilho, sem lhe dar atenção. Finalmente conseguiu segurar o braço de um marinheiro e disse que não sabia nadar. O marinheiro olhou bem para ele antes de responder, sacudindo os ombros: "Ou você aprende ou morre".
Acordou quando a água chegava a seus tornozelos.

Na segunda noite, ele sonhou que o navio continuava afundando. As pessoas corriam de outro para um lado, e depois o braço, e depois o olhar, o marinheiro repetindo que ou ele aprendia a nadar ou morria. Quando a água alcançava quase a sua cintura, ele pensou que talvez pudesse aprender a nadar. Mas acordou antes de descobrir.

Na terceira noite, o navio afundou.

Marcadores:

| Por ludelfuego | 21.5.07 | 21:04.

7 Responses to “MERGULHO II”

  1. # Blogger Shijun Lin
  2. # Blogger Hyabe Ibbe
  3. # Blogger chenlina
  4. # Blogger chenlina
  5. # Blogger 柯云
  6. # Blogger 柯云
  7. # Blogger raybanoutlet001
Postar um comentário