POA 29.09.94[cartão]
Lucienne,querida:
Tenho chamado muito Rafael,para que verta o conteúdo de sua ânfora dourada em meu sangue,para purificá-lo.E nael,meu amigo particular,me protege sempre.A tal ponto que consegui transmutar o HIV numa coisa boa dentro de mim.Depois de quase morrer ando feliz agora.A emoção,estranhamente,parece "curada".Falo sempre de você(e me pergunto,e os livros?),mas nos últimos anos a vida me levou para lugares inimagináveis.Viajo dia 4 para a Europa mas,no final de novembro,estou de volta.
Não vamos nos perder.
Muito amor,seu
Caio F.

| Por Lara | 20.11.07 | 14:30.

9 Responses to “A Lucienne Samôr”

  1. # Blogger Morganna

    ah, o caio. ele é tão.  

  2. # Anonymous Lu Rosário

    Seu blog é muito interessante...vale a pena tornar-me uma visitante assídua.

    Beijos.

    www.sempudor.blogs.sapo.pt  

  3. # Blogger Lidiane Martins

    Gosto tanto daqui.

    Vir me faz bem.

    Cao tinha dessas coisas, né?  

  4. # Blogger bárbara

    tão bonito!  

  5. # Blogger Lu (- . -)...

    A sensibilidade impregnada em suas palavras faz com seus pedaços de pensamentos sejam sentidos com uma intensidade, que o peito aperta agustiado por querer estar um pouco mais perto...
    Não sei explicar o que é isso...
    Mas gosto do que sinto...
    Até a volta... até a próxima... até um dia...
    Valeu!:)...  

  6. # Blogger Moderador

    Gostaria de fazer uma pergunta ao responsável pelo blog.
    (sobre o modelo do blog)

    meu e-mail é: modmod007@gmail.com

    aguardo o contato.  

  7. # Blogger Renata

    Por favor, não abandone o blog.  

  8. # Anonymous Anônimo

    Abandona não... :l  

  9. # Blogger This life can turn a good girl bad

    1ªvez que eu visito essa pág
    apaixonei
    é tão intenso!
    ALOKA  

Postar um comentário