Sentado à beira do caminho, o homem cansado ficou quieto, espiando a vida que passava.
Era uma vez um homem cansado que ia indo por um caminho. Tinha passado do meio-dia, a tarde estava ficando muito quente. No ar azul e claro não soprava nenhum vento, O homem procurou a sombra de uma árvore, sentou e ficou ali, quieto.
Até que passou um surfista. Ia de moto, sem camisa, a bermuda colorida, a prancha amarrada na garupa da moto. Abanou para o homem sentado, mas ele não se mexeu.
“Coitado” — pensou o homem. — “Vai indo assim todo animado. Parece que não sabe que vai morrer um dia.”
Remexeu a areia com um pedacinho de pau, mas sem prestar atenção. Então passou uma velhinha que parecia saída de um livro de histórias infantis. Usava um vestido escuro, comprido, e carregava no ombro uma dessas latas de metal, cheia de leite. Caminhava muito depressa.
“Coitada” — pensou o homem. — “Velha desse jeito, pra que tanta pressa? A morte vai chegar logo — e aí?”
Acendeu um cigarro, ficou soltando anéis de fumaça contra o céu cada vez mais azul. Aí passaram duas moças de braço dado. Parecia que recém tinham tomado banho, tão fresquinhas estavam. Os cabelos ainda molhados brilhavam ao sol. Cochichavam e riam muito, olhando o homem sentado, que nem olhava para elas.
“Coitadas” — o homem pensou. — “Tão assanhadinhas. Ah, se elas soubessem que a morte existe e pode chegar a qualquer momento...”
Ficou um rastro de perfume no ar, mas ele nem respirou mais fundo nem nada. De repente um passarinho começou a cantar, no galho bem acima dele. Ouviu um pouco, depois cuspiu de lado.
“Coitado” — o homem pensou. — “Esse idiotinha fica cantando à toa, de repente vem um moleque, joga uma pedra e pronto, acabou.”
Estendeu as pernas, mas logo as recolheu assustado. De longe, vinha um barulho forte como o de um exército em marcha. O homem fixou bem os olhos na curva da estrada. Até que apontou um elefante lá longe. Depois vieram tigres, macacos, camelos, mágicos, equilibristas: era um circo passando. Os palhaços fizeram micagens especiais para ele, mas o homem não deu atenção. A bailarina, equilibrada num pé só sobre o pônei branco, jogou uma rosa vermelha de tule a seus pés, mas ele não apanhou.
“Coitados” — pensou o homem. — “Quanta ilusão. Um dia o circo pega fogo, a morte chega e de que serviu essa alegria toda?”
Com a ponta do pé, empurrou para longe a rosa vermelha. Nesse momento, ia passando um casal de namorados. O rapaz pegou a rosa, sacudiu para afastar a poeira, depois colocou-a nos cabelos da moça. Ela sorriu, e agradeceu com um beijo. Ele respondeu com outro, ela com outro — e assim foram indo, aos beijos, até sumirem.
“Coitados” — pensou o homem. — “Amor, amor: não tem besteira maior. Casam, têm filhos, ficam velhos, doentes. Um dia morrem e pronto.”
A tarde quase já tinha virado noite, quando um vulto encapuzado veio se aproximando. Ele precisou apertar os olhos para ver melhor. Mesmo assim, não via direito a cara do vulto que se aproximava cada vez mais, até parar bem na frente dele.
— Quem é você? — o homem perguntou. A figura afastou o capuz, mostrou os dentes arreganhados e disse:
— Sou a Morte. Posso sentar ao seu lado?
O homem deu um pulo.
— Não — ele disse. — Já está ficando tarde e eu ainda tenho muito o que fazer.
Virou as costas e saiu correndo, sem olhar para trás.

O Estado de S. Paulo, 1/o4/1987 - In Pequenas Epifanias

Marcadores:

| Por ludelfuego | 24.5.07 | 23:19.

19 Responses to “UMA FÁBULA CHATINHA”

  1. # Blogger Shijun Lin
  2. # Blogger Hyabe Ibbe
  3. # Blogger chenlina
  4. # Blogger chenlina
  5. # Blogger 柯云
  6. # Blogger raybanoutlet001
  7. # Blogger jeje
  8. # Blogger adidas nmd
  9. # Blogger raybanoutlet001
  10. # Blogger Laural Anthonyh
  11. # Anonymous Penyebab Benjolan di Leher

    It is great to have visited your website. Thanks for sharing useful information. And also visit my website about health. God willing it will be useful too

    Obat Sakit Dada
    Obat Tumor Jinak diatas Bola Mata
    Obat Penghilang Nyeri Lutut
    Obat Penghilang Nyeri Pada Payudara
    Pengobatan penyakit Meningioma
    Obat Luka Bernanah bekas Caesar  

  12. # Blogger Fghkfhk Dfgaert
  13. # Blogger Yaro Gabriel
  14. # Blogger Yaro Gabriel
  15. # Blogger 流星雨
  16. # Blogger wk

    0802jejeLe temple d'Athéna Nike se trouve dans nike chaussures nouveau modele le complexe architectural de l'Acropole, probablement la zone de construction la plus grandiose de Grèce. Faire cet exercice est un soulagement fantastique pour les douleurs au pied et au bas asics tiger homme bleu du dos arthrite. Alors quand nous parlons de la valeur de la créativité, ce que nous disons, c'est qu'il peut être acheter air jordan moins cher utile ou essentiel d'avoir la capacité de considérer et de faire avec originalité et expressivité. Cela dépend uniquement du matériel, de nike france achat en ligne haute qualité et regarde sur les vêtements sélectionnés. Mais ce matériau doit être isolé avec de l'eau, de l'air et de la lumière. Considéré comme l'un d'entre eux sera sûrement des site de nike roshe run pas cher chaussures.
     

  17. # Blogger Yaro Gabriel
  18. # Blogger 56
  19. # Blogger eric yao
Postar um comentário